Fórum DanJ


 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

 

Resistência a mudanças coloca em risco a maior parte dos gestores de TI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Autor Mensagem
Jefferson Smart#
Notícias
Notícias
avatar

Número de Mensagens : 116
Idade : 23
Localização : Minha casa
Data de inscrição : 18/03/2009

MensagemAssunto: Resistência a mudanças coloca em risco a maior parte dos gestores de TI   Ter Maio 12, 2009 8:40 am

Resistência a mudanças coloca em risco a maior parte dos gestores de TI.


De acordo com pesquisa da Meyer
& Briggs, 60% dos líderes de TI são sistemáticos, resistentes ao
novo e tomam decisões presentes baseados em experiências passadas, o
que vai contra as expectativas das empresas no atual cenário e afeta a
empregabilidade desses profissionais.



Cortes de pessoal acontecem nas empresas de tempos em tempos e
atingem, sempre, executivos de diversos segmentos do negócio. Para os gestores de TI, no entanto, a recolocação profissional pode
parecer mais complicada e o processo de busca por novas vagas, mais
doloroso. Isso se dá, segundo conceito desenvolvido pela Fundação
Meyers & Briggs - consultoria especializada em mapeamento do perfil
dos responsáveis pela tomada de decisões corporativas -, pelo perfil
conservador e resistente a mudanças apresentado por 60% dos gestores de tecnologia.
De acordo com o padrão de avaliação da Meyer & Briggs, a
personalidade dos líderes de TI, geralmente, gira em tono de
características como orientação para metas, estímulo por meio de pressão e prazos apertados, pensamento sistemático e avaliação de situações presentes com base em experiências passadas.
Para Sherrie Hayne, consultora de RH e detentora dos direitos de
aplicação do método avaliativo da Meyer & Briggs, os executivos que
possuem esses traços de comportamento têm aversão a ambiguidades e riscos e não seguem, em nenhuma hipótese, a intuição.
“Um perfil assim é muito contraproducente, principalmente no cenário
atual de negócios, no qual os líderes devem trabalhar com manobras
arriscadas e ter flexibilidade para enfrentar situações nunca antes vivenciadas”, explica a especialista.
Ela ainda adverte que, na busca pela recolocação profissional, esse perfil pode ser uma barreira quase intransponível para os gestores. “Eles costumam se considerar experts em determinados assuntos e, como tomam decisões baseadas em situações passadas, não conseguem, por exemplo, mudar a vertical de atuação ou o nicho de mercado com o qual estão habituados”, afirma Sherrie.
A consultora destaca que, depois de ocupar uma posição de líder, os
profissionais de TI (inclusos nessa classificação) sentem dificuldades
em assumir postos nos quais devem se reportar a alguém diretamente, por
exemplo.
Segundo ela, por isso, tornam-se de difícil empregabilidade.
Sherrie aconselha que os líderes de tecnologia – empregados ou não
atualmente – façam um exercício mental para avaliar se enquadram-se no
padrão descrito. “Caso a resposta seja afirmativa, devem procurar ajuda profissional de um coach ou até mesmo de psicólogo para mudar seu comportamento”, conclui a especialista.
Fonte: CIO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://hjeff1.spaces.live.com  http://twitter.com/JeffersonSmart

Resistência a mudanças coloca em risco a maior parte dos gestores de TI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum: Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum DanJ :: Notícias -
criar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Hospedagem de fórums